Articles

A verdade sobre Purim

Máscaras, chocalhos, músicas e danças. E também celofanes. Milhões de crianças e adultos em Israel e em todo o mundo estão começando a se fantasiar e a celebrar Purim. A abordagem aceita é de desintegração, liberação e confusão, mas esse ano um educador de jovens compartilhou a seguinte ideia:*
*”Na verdade, estamos todos travados. Nós decidimos coisas sobre nós mesmos, “eu sou tal e tal”, e é isso, não se pode mudar. Mas em Purim tudo se move e você pode sair da imobilização. Essa é uma oportunidade para fazermos uma revolução dentro de nós mesmos, “e invertendo” quebrar limites. Normalmente, quando se fala sobre romper limites, pensa-se na direção negativa. Quando se fala de coragem para fazer coisas que não se faz o ano todo, refere-se a más ações. Mas qual é a a outra opção? Que tal quebrar os limites – na direção positiva? Que tal tomar coragem e ousar – fazer coisas boas que sempre quis fazer? Quem disse que beber em Purim deve levar a pessoa a um lugar superficial e feio, e não a abrir caminho para um lugar espiritual e feliz? Naqueles dias nos permitimos surtar – quem determinou que isso não significa ir surtar em uma direção nova e maravilhosa?”

Tags

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Related Articles

Back to top button
Close
Close