Articles

Não perca o momento, não deixe fermentar

Boa Semana, Boas Festas, Bom Post-Seder!
Será que em tempo real sairíamos do Egito? Entenderiam o tamanho do momento e pulariam na carroça? Recentemente, ouvi uma história que ilustra exatamente esse ponto, sobre o qual muitos comentaristas falam: Pessach nos ensina como é importante não perder o momento. Afinal, poderíamos ter perdido essa oportunidade histórica e permanecido escravizados, e muitos permaneceram no Egito. A história do êxodo do Egito nos ensina a estar conscientes e atentos a essa “janela de oportunidade” que aparece em nossas vidas.
Shlomo Ben Dahan (pai do vice-ministro da Defesa, rabino Eli Ben Dahan) era um ativista para a aliá ilegal do norte da África, principalmente do Marrocos. Eles planejaram uma operação de Aliá em detalhes e deveriam atracar na praia, secretamente, e reunir os judeus que estavam esperando lá para chegar a Israel. Mas a navegação noturna levou-os por engano a cidade errada, às margens do Marrocos. O que fazer? Shlomo Ben Dahan desceu do navio, bateu na porta dos judeus no meio da noite e anunciou: Chegamos aqui inesperadamente. O navio está agora ancorado na costa e em poucas horas o sol nascerá e teremos que sair. Quem está vindo agora para Israel? O resultado foi surpreendente: em poucas horas o navio estava cheio de judeus que rapidamente guardaram algumas coisas – e sabiam que não perderiam o momento.

Tags

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Related Articles

Back to top button
Close
Close